braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

DO MEU LIVRO: “Lágrimas do meu Tempo Bom”


Na minha infância-juvenil, ser acordado por minha mãe, todas as manhãs era um Deus nos acuda.

O melhor sono matinal era interrompido por voz estridente da minha genitora, que por bem ou por mal teria que levantar, por consequência do horário escolar.

Bastava sair daquela singela casa amarela, localizada no Sítio Tapuio, no município de Serraria, depois de um simples café com batata doce ou pão sem manteiga, deparava-me com meus colegas de aula pelo caminho.

Seguíamos juntos estrada afora, com livros nas mãos, atravessando as montanhas azuis, até alcançar o topo da serra e poder vislumbrar a encantada visão panorâmica, das primeiras casas da cidade, o tão antigo povoado da Floresta de Serraria.

Ao adentrar o perímetro urbano, um pouco de medo me amedrontava, por não ser acostumado com a vida urbana.

Ao chegar àquela escola por nome de João Estevão Pereira, a Professora Nevinha, nos recebia como se fosse nossa segunda mãe.

Como é bom lembrar aqueles velhos tempos de menino e, como é triste saber que ele é igual à água que corre sob um rio.

Passa e nunca mais retorna. (Braga Neto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário