braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

SOLÂNEA QUERIDA: Os versos sinceros de “Josimar Belo”



Solânea terra querida,
Lembrar-me-ei de ti
Em toda a minha vida,
Por onde me encontrar,
Pois se um dia eu partir,
E for pára bem longe de ti,
Venho te visitar.

***

Solânea cidade pequena,
Cheia de esperança,
Guardo sempre na lembrança,
O seu dia tão legal,
Cidade onde nasci e me criei,
Onde vivo e viverei
meus dias sem igual.
Apesar se tudo isso e mais isso,
Serás sempre a minha cidade natal.

***

Te visitarei sempre,
Quando a saudade apertar,
Serás sempre meu alvo de recordações,
Em que realmente quero pensar.

***

Ao viajar para longe,
Para bem distante de ti,
Passarei por grandes serranias,
Mas, levarei no coração muita saudade.
De uma cidade tão querida,
Que és tu Solânea.

***

Solânea de mil e uma noites,
Sempre lindas com explendor,
O brilho das estrelas celestiais,
Que sempre nos ilumina,
Com o seu brilho cheio de amor.

***

Solânea, de muitas cidades,
Paraibana entre elas estais,
Pequenina como és tu,
Mas seu tamanho sempre nos trás paz.

***

És bonita como sua gente varonil,
Gosto sempre de ti,
Solânea porque representa a beleza de ser,
Uma das cidades do meu Brasil.



Nenhum comentário:

Postar um comentário