braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Conheça um pouco da história do rádio no Brasil


• As primeiras experiências em radiodifusão no Brasil foram
 feitas em 1892 pelo padre gaúcho Roberto Landell de Moura, em Campinas, São Paulo.

• A primeira transmissão radiofônica nacional ocorreu em 7 de setembro de 1922, durante uma exposição comemorativa pelos 100 anos da Proclamação da Independência. O então presidente Epitácio Pessoa foi o primeiro a testar o sistema e realizou um discurso veiculado por 80 alto-falantes.

• Em 1º de março de 1932, Getúlio Vargas assinou um decreto-lei permitindo a veiculação de propaganda pelo rádio.

• Roquette Pinto e Henry Morize fundaram a primeira rádio do país em abril de 1923. Ela se chamava Sociedade do Rio de Janeiro.

• "A Voz do Brasil" foi instituída em 1935 e, 3 anos depois, passou a ser transmitida em rede nacional. No início, além dos pronunciamentos de Getúlio Vargas e de seus aliados políticos, o programa também apresentava cantores populares. A abertura da ópera "Guarani", de Carlos Gomes, servia de vinheta do programa.

• A primeira rede nacional de rádio foi organizada por Getúlio Vargas, no dia 10 de novembro de 1937, para anunciar a criação do Estado Novo.

• A primeira rádio-novela foi ao ar em 1941 pela Rádio Nacional. Chamava-se "Em Busca da Felicidade", escrita pelo cubano Leandro Blanco e patrocinada pelo creme dental Colgate.

• O noticiário "Repórter Esso" fez sua estreia em 1941, transmitido pela Rádio Nacional, do Rio de Janeiro, e pela Rádio Record, de São Paulo. O locutor era Heron Rodrigues. Foi o primeiro noticiário de rádio que fazia mais que apenas ler o jornal impresso. Os dois bordões que ficaram mais famosos foram "O primeiro a dar as últimas" e "Testemunha ocular da história". Parou de ir ao ar em 31 de dezembro de 1968, com o locutor às lágrimas se despedindo do público.
(Guia dos Curiosos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário