braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

A QUENTE DO DIA: Vereador desobedece ordem judicial e deixa cidade da Paraíba sem prefeito


Renan Calheiros começa a fazer escola. Na pequenina cidade de Sapé,aqui na Paraíba, o ex-presidente da Câmara, vereador Luiz Limeira Neto, decidiu não acatar decisão do juiz que determinava a eleição da vereadora mais votada, Graça, do PTB, para presidir a posse do novo prefeito, do vice e a eleição da Mesa da Câmara.
Luiz Limeira não considerou a intimação levada pelo oficial de justiça, assumiu a Presidência dos Trabalhos e empossou os novos prefeito e vice do município.
Oito dos quinze vereadores, porém, não acompanharam a rebeldia de Luiz Limeira (Johni Rocha, Vera do Peixe, Arquimedes, Wilson Cavalcante, Robson Guedes, Nego Simplicio, Graça e Adriano de Inhaua) se reuniram em plenário e realizaram a sessão plenária cumprindo a decisão judicial e sob a Presidência da Vereadora Graça, fizeram a eleição da mesa e por oito votos escolheram Jhoni Rocha, como o novo Presidente do poder legislativo municipal.
Ainda em ato de arbitrariedade o Vereador Luizinho, deu posse ao Prefeito eleito Roberto Feliciano, mas o ato é nulo de pleno direito, como assegurou o advogado dos oito vereadores, Marcos Souto Maior Filho.
Desta forma o município de Sapé, encontra-se sem Prefeito e Vice, pois os eleitos para o executivo, tomaram posse com uma mesa inexistente.
Hoje legalmente o Prefeito de Sapé é o Presidente da Câmara Johni Rocha, que efetivará convite expresso para que o Prefeito e Vice eleitos, tomem posse em sessão extraordinária.

(Blog do Tião Lucena)

Nenhum comentário:

Postar um comentário