braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

AS RAPIDINHAS DA MANHÃ DESTA SEGUNDA-FEIRA 30

O Jornal da Paraíba traz nesta segunda-feira 30, uma matéria sobre um grave acidente que ocorreu na noite desse último domingo 29, entre a cidades de Cajazeirinhas e Coremas no sertão da Paraíba, deixando um morto e seis feridos. Relato da Polícia Civil informa que o motorista perdeu o controle de uma saveiro, após desviar de um animal que atravessava a pista.
O veículo capotou e deixou como vítima fatal o Sr. Francisco das Chagas Batista Silva, de 63 anos, que viajava na carroceria do carro.  
*************
O Jornal da Paraíba traz também a informação de que, alunos da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) ficaram revoltados com a administração do Órgão, em ter autorizado apagar as pinturas em grafites existentes no prédio desde dezembro do ano passado. Os desenhos foram apagados durante uma reforma que acontece na instituição para o início das aulas. Segundo a gestão da UFCG, os grafites estavam cobertos de pichações e vai se reunir com artistas para que novas artes sejam feitas no local.
************
De acordo com o G1-PB, uma tubulação estourou e deixou vários moradores do bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, sem água durante o domingo (29). A cratera aberta pela força da água que vazou, atraiu crianças que brincavam e mergulhavam dentro do buraco. Conforme os moradores da Rua Quatro de Outubro, por falta de água nas torneiras, algumas pessoas também utilizaram o vazamento para lavar louças.  Segundo os moradores, o cano estourou por volta das 16 horas, mas a Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (CAGEPA) foi acionada e realizou a manutenção por volta das 20 horas.
************
O Portal Metrópoles de Fortleza (CE) traz hoje a informação de que a mãe de um menino de 11 anos foi presa ontem, suspeita de ter matado o filho com um tiro na cabeça, na capital cearense. A mulher afirmou em depoimento que o tiro foi acidental, mas a versão é contestada pela polícia. De acordo com a delegada, Socorro Portela, a mulher apresentava comportamento suspeito. “Ela estava com sinais de quem havia bebido e consumido drogas e outras substâncias, então, vamos aprofundar as investigações para apurar o que de fato ocorreu”, disse a delegada ao G1.
************
Dezenas de agentes comunitários de saúde, enfermeiros, técnicos de enfermagem e médicos, do município de Solânea, estiveram presentes em uma reunião na tarde da última quinta-feira (26), a fim de trazer aos profissionais da saúde, informações sobre uma doença rara, (até então) desconhecida e que apresenta número significativo de casos na Paraíba, a mucopolissacaridose. A informação procede do Portal solaneaonline, que segundo as informações, o encontro com os profissionais da saúde aconteceu no Cine Teatro Municipal e foi promovido pela Prefeitura Municipal e Secretaria da Saúde do município.

Nenhum comentário:

Postar um comentário