braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

domingo, 5 de março de 2017

A QUENTE DO DIA: Executivo da Odebrecht diz que delatou doação de verba caixa dois para deputados estaduais, federais e governadores


O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, conhecido como BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que no acordo de delação premiada assinado no âmbito da Lava Jato há 60 anexos em que ele fala sobre demandas de campanhas estaduais de vários partidos com a empreiteira baiana. Cada anexo é uma história contada pelo delator e pode ter um ou mais envolvidos.
Conforme a Folha adiantou na quinta (2), BJ disse no mesmo depoimento que, após pedido de apoio feito pelo presidenciável tucano Aécio Neves, em 2014, a Odebrecht doou, em caixa dois, R$ 6 milhões para as campanhas dos tucanos Pimenta da Veiga, derrotado na disputa ao governo de Minas, Antonio Anastasia, eleito para o Senado e também para o deputado federal eleito Dimas Fabiano (PP-MG).
BJ disse ainda que R$ 3 milhões em caixa dois foram dados ao marqueteiro Paulo Vasconcelos, responsável pela campanha de Aécio à Presidência.
Ele admite ter pedido apoio ao empreiteiro, mas nega que tenha solicitado caixa dois. Pimenta da Veiga, Antonio Anastasia e Dimas Fabiano negam ter recebido valores não registrados em suas campanhas.

(Créditos: Walter Nunes de São Paulo-Polêmica Paraíba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário