braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

quinta-feira, 16 de março de 2017

AS RAPIDINHAS DESTA QUINTA-FEIRA (16)


Com o objetivo de levar as ações das Secretarias até a população que vive na Zona Rural, facilitando o acesso do Cidadão às políticas públicas oferecidas pela Prefeitura, tem início nesta sexta-feira (17), o Programa Prefeitura Cidadão, de iniciativa da Prefeitura do município de Tacima, através da Secretaria de Desenvolvimento Humano e Ação Social, em parceria com outras Secretarias do Município. O evento será no Povoado do Bola, a partir das 8 horas da manhã, na Escola Pedro Belo. (pmtacima.pb.gov.br)

**********

Acontece esta semana no Sítio Brejinho, município de Dona Inês, de 16 a 19 do corrente mês, a festa dos Padroeiros daquela comunidade, este ano o tema é: “São José e N.S. das Mercês modelo para as famílias de nosso tempo”. A programação da festa dos padroeiros São José e N S das Mercês da comunidade Brejinho e Lagoa do Braz em Dona Inês conta com missas, celebrações, procissões, entre outras atrações. (Dona Inês em Foco)

**********

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou esta semana que vai devolver os valores cobrados a mais na conta de luz dos consumidores em 2016. O R$ 1,8 bilhão será pago diretamente nas contas de luz dos consumidores nos próximos meses. De acordo com o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a forma de devolução do valor será decidida dia 28 de março, em reunião com a diretoria da Aneel. (Portal Brasil, com informações da Aneel)

**********

Três governadores da região Nordeste já confirmaram presença na agenda que os ex-presidentes Lula e Dilma cumprirão na Paraíba, neste domingo (19). Convidados pelo Governo do Estado, confirmaram presença: Camilo Santana (PT), governador do Ceará; José Wellington Barroso (PT), governador do Piauí, e Rui Costa (PT), governador da Bahia. Os ex-presidentes desembarcam na Paraíba no domingo e devem chegar a Monteiro por volta das 11h. (G1-PB)

**********

Pelo menos 26 cidades do Sertão paraibano estão sendo investigadas pelo Ministério Público Federa (MPF) em um inquérito civil que foi aberto para apurar “as circunstâncias objetivas e subjetivas de possíveis pagamentos irregulares a título de Bolsa Família”. O inquérito foi instaurado pelo procurador da República Tiago Misael de Jesus Martins. Segundo o inquérito, entre 2013 e maio de 2016, teriam sido pagos cerca de R$ 12 milhões a pessoas com boas condições financeiras. Os pagamentos investigados foram realizados em 26 municípios da região polarizada por Patos, no Sertão da Paraíba. (G1-PB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário