braganeto1965@hotmail.com

braganeto1965@hotmail.com

segunda-feira, 6 de março de 2017

AS RAPIDINHAS DESTA SEGUNDA-FEIRA (6)


Uma criança de 4 anos morreu após ser baleada enquanto participava de um bloco de Carnaval, na noite desse domingo (5), em Campina Grande. Mais duas pessoas ficaram feridas pelos disparos. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu na Vila Cabral de Santa Rosa. De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, integrantes do bloco discutiram com um grupo de pessoas que acompanhavam o desfile. Depois de agressões verbais, uma das pessoas sacou uma arma e atirou contra os participantes do bloco carnavalesco. (G1-PB)

**********

Nove pessoas foram detidas no último domingo (5) durante uma rinha de galos na cidade de Santa Rita, na região da Grande João Pessoa. Segundo informações repassadas pelo Batalhão de Polícia Militar Ambiental, 39 galos foram libertados no local. Os suspeitos foram encaminhados para a delegacia. (G1-PB)

**********

A Polícia Civil do município de Pombal, no Sertão paraibano prendeu nesse domingo (5), um jovem de 32 anos acusado de atear fogo na residência da ex-companheira. A prisão ocorreu por força de mandado expedido pela Vara Criminal de João Pessoa. O fato ocorreu no ano de 2009. O a acusado foi encaminhado à Cadeia Pública da cidade, onde cumprirá pena de 5 anos e 4 meses de reclusão imposta pela Justiça. (Diário do Sertão com Polícia Civil)

**********

Três homens roubaram cerca de 20 mil reais de um posto de combustíveis em Lagoa Seca, no Agreste paraibano, na noite desse domingo (5). Segundo a Polícia Militar, os criminosos chegaram ao local com máscaras no rosto e vestidos com fardas do Exército Brasileiro. Ainda conforme a PM, um dos funcionários do estabelecimento, que estava trabalhando no momento do crime, informou à polícia que os suspeitos portavam armas de vários calibres e agiram de forma rápida. (G1-PB)

**********

O presidente Michel Temer resolveu fazer um rodízio entre parlamentares investigados na Operação Lava Jato ao definir as novas lideranças do governo. O mesmo confirmou, no último sábado (4), a ida do senador Romero Jucá (PMDB-RR) para a representação do governo no Senado. A vaga deixada por Jucá como líder do Planalto no Congresso será ocupada pelo deputado André Moura (PSC-SE), que respondeu por Temer na Câmara até o final de fevereiro, quando foi substituído na função por Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Embora sejam de três partidos diferentes (PMDB, PSC e PP), os três têm muito comum: todos são investigados no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e lavagem de dinheiro em inquéritos relacionados ao esquema de desvios criminosos na Petrobras. (Edson Sardinha-Polêmica Paraíba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário